Mudar de Contador: Saiba o que é importante considerar

Está pensando em mudar de contador? Esse profissional é essencial para o dia a dia das micro e pequenas empresas do país, e indispensável para todos os negócios.  Apesar da ideia de que a contratação de um contador para sua empresa seja mais uma das tantas despesas de sua empresa, a verdade é que uma […]


Está pensando em mudar de contador? Esse profissional é essencial para o dia a dia das micro e pequenas empresas do país, e indispensável para todos os negócios. 

Trocar de Contador. o que considerar?

Apesar da ideia de que a contratação de um contador para sua empresa seja mais uma das tantas despesas de sua empresa, a verdade é que uma boa assessoria contábil deve ser, na verdade, observada como investimento. Ou seja, o trabalho de um contador de qualidade permite que o seu negócio se desenvolva dentro das normas, da melhor maneira e com o menor custo possível. Contudo, nem sempre a relação contador-empresa é das melhores. E, nesse caso, o melhor a fazer é buscar por outro profissional, com quem você e sua empresa se identifiquem mais. 

Mas, como mudar de contador? O que fazer para buscar um profissional que atenda suas necessidades e entregue o resultado esperado? É justamente sobre isso que falaremos a seguir! Confira aqui o que é importante considerar na hora de mudar de contador: 

A importância do contador para sua empresa 

Primeiramente, antes de entender o que é preciso saber na hora de mudar de contador, é necessário entender qual a importância desse profissional para a sua empresa. Isto é, como dito acima, o contador não é apenas mais uma simples despesa do seu negócio, mas sim um investimento necessário. 

O contador é o profissional responsável por cuidar de três áreas essenciais do seu negócio: a financeira, a contábil e a tributária. Ou seja, ele é responsável por manter micro e pequenas empresas dentro das normas, abrindo espaço para o seu desenvolvimento. 

Além disso, é indispensável que esse profissional esteja alinhado com a visão e missão da sua empresa. Tudo isso para garantir, além do desenvolvimento, que seu negócio evite problemas com todos os órgãos de fiscalização do governo. 

Porém, é comum que, em algum momento haja a necessidade de buscar por outro profissional. E para isso, é preciso ficar atento a alguns pontos importantes. 

Mudar de contador ou manter o atual? 

Mudar de contador ou manter o atual? Essa é uma dúvida frequente entre diversas empresas e empreendedores. Mas diferente do que muitos pensam, a mudança de contador, ou empresa de contabilidade, é um processo bastante simples. Se você acreditar que o atual profissional contratado não está oferecendo os resultados esperados, o ideal mesmo é buscar por outro. 

Caso haja um contrato de prestação de serviço assinado entre sua empresa e seu atual contador, fique atento às cláusulas de rescisão. Em alguns casos, a rescisão antes de um ano pode gerar a obrigação do pagamento de multa. 

O que considerar ao mudar de contador 

Caso você realmente tenha tomado a decisão de mudar de contador, é importante ficar atento a alguns aspectos que não sejam apenas contratuais. Você deve levar em consideração tudo que envolve essa mudança, buscando o maior benefício para sua empresa. Ou seja, não basta mudar de contador e contratar outro profissional que não atenda às necessidades do seu negócio. 

Com isso em mente, existem vários pontos importantes a serem considerados, sobre os quais falaremos a seguir. Confira: 

1 – Priorize a Comunicação 

Um dos pontos mais relevantes na hora de considerar mudar de contador é a comunicação. Busque por um profissional que saiba dialogar com você, entender o seu negócio e os seus objetivos. Além disso, é essencial que o contador esteja conectado com você, não apenas em busca de suas próprias metas, mas que realmente demonstre interesse em melhorar a sua empresa. É preciso que essa comunicação ocorra de forma fluida e objetiva. Dessa forma, dê prioridade para profissionais mais comunicativos, já que essa habilidade garante uma melhor otimização nos processos do seu negócio. 

2 – Considere o Custo 

Apesar de não ser o fator mais importante, o custo-benefício é bem relevante para micro e pequenas empresas. Porém, também não adianta buscar a opção mais barata e, no futuro, enfrentar novos problemas, mas com um contador diferente. Sendo assim, quando for mudar de contador, considere o custo-benefício oferecido pelo profissional. Procure por alguém que ofereça um serviço que possa aumentar sua lucratividade e, ao mesmo tempo, caber em seu orçamento. 

3 – Conhecimento Técnico 

Outro ponto importante que você deve levar em consideração para mudar de contador é o conhecimento técnico dos profissionais do escritório contábil. Diferente de muitas outras áreas, a legislação tributária não é estática, está sempre sofrendo constantes atualizações. Logo, é preciso contar com o auxílio de uma assessoria contábil que conte com profissionais que possuam não apenas os conhecimentos técnicos necessários, mas que sempre se mantenham atualizados. Dessa forma, além de trazer todos os benefícios para sua empresa, seu novo contador vai mantê-la sempre de acordo com a legislação atual. 

4 – Disponibilidade 

Um dos principais motivos pelo qual micro e pequenas empresas mudam de contador é a falta de disponibilidade. Ou seja, não adianta trocar de contador se o novo também não puder te atender sempre que você precisar. Desse modo, procure por empresas ou profissionais de contabilidade que ofereçam uma boa disponibilidade. É normal que muitas dúvidas e problemas surjam no desenvolvimento e crescimento de uma empresa, e para resolvê-los, seu contador deve estar a sua disposição. 

5 – O uso da Tecnologia 

Seja no uso de um bom aplicativo de contabilidade, ou mesmo para otimizar sua comunicação, atualmente o uso da tecnologia pelo contador é indispensável. A revolução tecnológica impacta inúmeros negócios e profissões, e não acompanhar essa mudança é um erro fatal. Na contabilidade, por exemplo, softwares de gestão são essenciais para otimizar os processos não apenas do trabalho desse profissional, como também das empresas que ele atende. Sendo assim, caso for mudar de contador, dê preferência para aqueles que investem no uso da tecnologia.

6 – Novos canais de comunicação 

Além de todos os pontos citados acima, você também não pode esquecer de levar em consideração por onde será feita sua comunicação com o novo contador. Isto é, se deslocar da sua empresa até o local onde ele atende é algo que só deve ser feito quando for realmente necessário. Como dito no último item acima, busque por quem está aproveitando de todos os benefícios trazidos pela tecnologia, inclusive na comunicação. Um exemplo disso é o que faz o DNA Financeiro, que oferece para sua empresa um serviço completo de contabilidade que você pode usar diretamente do seu smartphone! Dessa forma o DNA Financeiro usa o MÁXIMO EM TECNOLOGIA para que você tenha o MENOR ESFORÇO para manter sua empresa 100% controlada e regular perante ao governo, com valor de mensalidade muito menores que os escritórios que não investem em tecnologia.

Quer saber mais? Fale com um dos nossos contadores clicando aqui.

comments powered by Disqus