Fluxo de Caixa: o que é e para que serve?

Certamente a expressão ‘fechar o caixa’ faz parte do dia a dia de muitos empreendedores. Qualquer deslize e as finanças podem desandar. Bem, cuidar do dinheiro que entra e que sai do caixa não é uma tarefa tão fácil e, muitas vezes, gestores acabam se deparando com um lucro que não existe: pelo simples fato de […]


Certamente a expressão ‘fechar o caixa’ faz parte do dia a dia de muitos empreendedores. Qualquer deslize e as finanças podem desandar. Bem, cuidar do dinheiro que entra e que sai do caixa não é uma tarefa tão fácil e, muitas vezes, gestores acabam se deparando com um lucro que não existe: pelo simples fato de analisarem a entrada e saída de dinheiro de forma errada.

Manter um controle eficaz do fluxo de caixa garante ao gestor não apenas identificar o ‘quanto’ de recursos financeiros tem disponível, mas ‘quando’ os valores irão entrar ou sair do negócio, e ‘quais’ foram os investimentos realizados.

Não tem segredo: sendo uma pequena, média ou grande empresa: todas seguem a boa e velha premissa de ter o fluxo de caixa como fiel companheiro no sucesso de um empreendimento. Pensando nisso, elaboramos esse post para esclarecer algumas dúvidas sobre o que é o Fluxo de Caixa e qual é a importância em mantê-lo atualizado. Preparado? Mãos à obra!

O que é Fluxo de Caixa?

O Fluxo de Caixa é um importante instrumento de controle financeiro em que gestores mantêm o registro de todas as informações de recursos que saem e que entram em um determinado período. Ele pode ser realizado diariamente, semanalmente ou até mensalmente. Contudo, é fortemente indicado que o acompanhamento seja diário e esteja sempre atualizado, o que garante uma visão mais real de como está a situação do negócio.

Via de regra, o Fluxo de Caixa é uma ferramenta que possibilita o registro de todas as transações financeiras de um negócio. É por meio dele que as empresas podem acompanhar os pagamentos e recebimentos em curto, médio e longo prazo e estabelecer previsões, ou seja: é um importante elemento de gestão e de planejamento do dia a dia.

Mas para que serve um fluxo de caixa?

Qualquer empresa, nos seus mais diversos portes e segmentos, deve adotar o fluxo de caixa diariamente. O empreendedor apenas poderá saber se seu negócio está financeiramente saudável se mantiver um controle eficaz do fluxo de dinheiro que entra e que sai – e, evidentemente, manterá as contas em dia, ficando livre de credores e juros altíssimos.

Com o Fluxo de Caixa o gestor consegue acompanhar as flutuações das movimentações financeiras ao longo do tempo e tomar a melhor decisão com o dinheiro da empresa. Diante disso, o empreendedor poderá saber se:

    • Vai sobrar ou faltar dinheiro futuramente;
    • É possível dar um maior prazo de pagamento aos clientes sem comprometer as atividades operacionais da empresa;
    • É preciso negociar um maior prazo com os fornecedores em um determinado período que não terá entrada de recursos em caixa;
  • É preciso financiar as atividades através de empréstimos e/ou financiamentos.

Sem um bom Fluxo de Caixa fica muito difícil o empreendedor saber o quanto tem de saldo disponível e o quanto de capital de giro necessita para manter as operações do dia a dia funcionando: para aplicação ou mesmo para eventuais gastos.

Ao elaborar o Fluxo de Caixa, deverão ser registrados todos os recebimentos (vendas à vista ou à prazo, entre outros recebimentos) e todos os pagamentos (compras à vista, pagamentos de despesas, dentre outros pagamentos), tanto aqueles previstos para o dia, para a semana e até para o mês, caso essas compras e pagamentos tenham sido parcelados.

Elaborar um Fluxo de Caixa possibilita ao gestor conhecer a real situação do seu negócio num futuro próximo, podendo tomar medidas preventivas caso as informações representem problemas financeiros, evitando comprometer o bom andamento das atividades.

Importância de um Fluxo de Caixa online

Por muito tempo as empresas puderam contar apenas com as planilhas do Excel ou as famosas anotações nos bloquinhos de papel. Tais processos foram úteis, mas atualmente a necessidade de automatizar e integrar os setores da empresa tem exigido que gestores passem a contar com o apoio de um sistema de controle de fluxo de caixa online, uma forma de gerir que possibilita análises mais rápidas e confiáveis sobre as finanças e que possa subsidiar o processo de tomada de decisão.

Além de representar maior segurança quanto as informações – uma vez que o armazenamento é em ‘nuvem’ e os dados não correm o risco de serem extraviados ou por problemas no computador – um software permite um maior controle do fluxo de caixa e uma maior agilidade aos processos diários. Sem dúvida, a automatização do fluxo de caixa trouxe ao dia a dia das empresas uma otimização do tempo durante a execução das atividades, uma maior produtividade e consequentemente, redução de custos.

Se você ainda não está convencido da importância em aderir a um fluxo de caixa online o DNA Financeiro te dá o suporte necessário para aderir a esta ferramenta no seu dia a dia:

    • Maior controle das Contas à Pagar e à Receber: o sistema possibilita um maior controle das contas: por data de emissão do vencimento, data do vencimento e pagamento da conta, favorecido e valor. Fantástico, não é? A navegação é rápida e intuitiva, o que possibilita ao usuário uma visão mais organizada entre as contas à pagar, à receber e as transferências entre contas;
    • A situação e a condição individual de cada conta: à vencer, atrasadas, recebidas/pagas ou as que vencem no dia;
    • Contas bancárias são controladas individualmente, o que permite uma análise individual do crescimento de cada uma;
  • É possível registrar as transferências entre bancos ou saques em dinheiro de uma conta bancária.